Menu
Home
Histórico da apicultura
A abelha, a colmeia, o apiário
Produtos das abelhas
Apostila de apicultura
Fontes
Anúncios
Notícias
Links
Registre-se
Entre em contato
Login
Login:

Senha:

lembre me

Registre-se, é grátis!
Perdeu sua senha?
Patrocinadores
Usuários Online
Existem:
0 usuários registrados
e 13 convidados online agora.

ABELHAS, COLMEIAS, APIÁRIO

A ABELHA E A COLMEIA

As abelhas vivem em sociedade, são extremamente organizadas e produtivas.
Uma família ou colônia de abelhas é formada, em média, por uma rainha, milhares de operárias e centenas de zangões.

ABELHA OPERÁRIA

Uma operária nasce de um ovo fecundado e vive de um a quatro meses dependendo do esgotamento físico (maior na época da florada).
Elas são responsáveis por todas as tarefas da colmeia. De acordo com a idade executam tarefas diferentes, que cronologicamente se dividem em: faxineiras, nutrizes, produtoras de cera e mel, guardas e finalmente campeiras até o fim da vida.

ABELHA RAINHA

Rainha
A rainha é única dentro da colmeia. Nasce de um ovo fecundado e é criada com geléia real, o que a diferencia dos outros componentes da colmeia.
Seu abdomem é maior e mais claro, vive por volta de cinco anos, copula uma única vez com uma dezena ou mais de zangões e durante toda a sua vida sua única tarefa é a postura de ovos.

O ZANGÃO

Zangão
O zangão nasce de um ovo não fecundado, não possui ferrão e sua única função é fecundar uma rainha virgem, morrendo logo após.

SEQUÊNCIA DE FASES DO NASCIMENTO DE UMA ABELHA OPERÁRIA

Ovo: após tres dias da postura nascerá a larva.


Larva: será alimentada pelas obreiras até o oitavo dia quando o alveólo será operculado pelas obreiras e a larva começará a tecer o casulo.


Pré-pupa: inicia-se o processo de metamorfose.


Pupa: até o vigésimo dia sofrerá o processo de metamorfose.


Abelha adulta: no vigésimo-primeiro dia nasce finalmente a abelha já em sua forma definitiva.

A COLMEIA

É a casa das abelhas. Existem colmeias de diversos tipos e materiais.

As mais simples são de casca de árvore e barro, as mais utilizadas são de madeira, porém já existem, em alguns países, colmeias de plástico.

Uma colmeia fabricada pelo homem tem que seguir rigorosamente as mesmas medidas que as abelhas adotam para a construção de seus favos; isto proporciona um melhor aproveitamento do espaço além de poupar às abelhas trabalho extra para preencher espaços desnecessários.

Os componentes da colmeia são: assoalho, ninho, quadros guarnecidos com cera alveolada para a construção dos favos pelas abelhas, e tampa.

Durante a florada acrescenta-se outros componentes como: telas excluidoras, melgueiras e sobre-ninhos.
Na figura há o desenho de uma colmeia com seus componentes com medidas padronizadas.
Na figura abaixo, observa-se o trabalho de dois apicultores com a vestimenta completa para proteção contra as ferroadas das abelhas. O da esquerda, está segurando um favo. O da direita está segurando o fumegador.



O fumegador é essencial nos trabalhos no apiário. A utilização da fumaça impede o ataque das abelhas.

Na caixa da direita observamos ninho e sobre-ninho cobertos com uma telha para proteção contra as chuvas.

Observe no suporte da colmeia, as latas colocadas para impedir a subida de formigas.






SoftService  This website was created with phpWebThings.
  Página processada em 0.0239 segundos - 11 queries